Atelier das bonecas Mimi

Euphorbia gorgonis

Euphorbia gorgonis

Euphorbia gorgonis é encontrada na África do Sul, crescendo em areia ou outro solo bem drenado com um pouco de água e muito sol. 
O caudex pode crescer até dez centímetros de diâmetro, a planta inteira pode chegar a 30 centímetros de diâmetro. 
Euphorbia gorgonis é uma suculenta caudiciforme única. Você também pode chamar essas plantas de suculentas caudex, pois suas raízes formam um bulbo que se funde com o caule central. 

Curiosidade
Derivação do nome específico: Latim 'gorgonis', da Górgona; para a forma de crescimento medusoide. O nome é uma extensão do mito da medusa. Medusa era uma das três irmãs Górgonas. Em uma versão anterior do mito, todos os três tinham cabelos e asas semelhantes a cobras. Quando Perseu decapitou Medusa, as duas irmãs Gorgon restantes o perseguiram enquanto ele voava pela África.

A suas raízes formam um bulbo que se funde com o caule central. Você pode ver uma haste cilíndrica alongada que consiste em inúmeras protuberâncias. Além disso, eles carregam cicatrizes das folhas caídas na área da raiz. 
Euphorbia gorgonis tem o nome de gorgonis devido às hastes apicais que possuem. Eles têm uma semelhança mais próxima com o cabelo de cobra da Medusa mitológica. Além disso, a parte central das plantas também exerce influência.
As hastes de Euphorbia gorgonis sáo globos ou obcônicas e têm cerca de 5-10 cm de largura. Elas vão crescer quase enterrados no chão. 
As folhas de Euphorbia gorgonis podem ser vistas apenas no crescimento jovem e serão decíduas. Eles terão 1-2 mm de tamanho. Além disso, serão lanceoladas, elípticas, agudas e glabras. Os pedúnculos de Euphorbia gorgonis são solitários e têm 4-10 mm de comprimento. Essas plantas produzem flores amarelas e você pode usar esse recurso para identificar essas plantas, como aconteceu comigo.
Além de todas essas características, Euphorbia gorgonis possui frutos que são sésseis ou subsésseis. Eles terão cerca de 4 mm de diâmetro e serão subglobosos. Além disso, eles consistirão de cabelos quando jovens.  
O fruto também consiste em sementes. As sementes têm cerca de 2,5 mm de comprimento. Além disso, eles serão de cor cinza enegrecida. Eles têm uma semelhança mais próxima com Euphorbia woodii.

Tamanho da planta
Euphorbia gorgonis tem cerca de 2-3 cm de altura quando crescer ao máximo.

Taxa de crescimento
Euphorbia gorgonis são plantas de crescimento lento. Além disso, quando eles se estabelecerem, eles viverão por um período mais longo.
Cuidados com a Euphorbia gorgonis
Requisito de luz 
Euphorbia gorgonis pode prosperar em sombra moderada. Portanto, se você os levar ao ar livre para expor à luz solar total, faça isso enquanto os aclimata à luz solar total.  
Considere que, se você expô-las sob a luz do sol escaldante de uma só vez, isso queimará as plantas e as deixará traumatizadas. 
Elas podem tolerar a luz solar total, desde que você não as exponha sob luz solar direta, especialmente durante a intensa luz do sol da tarde. 
Literalmente a luz do sol da manhã e a sombra parcial à tarde seriam saudáveis ​​para o crescimento firme dessas plantas.

Temperatura e umidade
Temperaturas mais quentes combinariam bem com as plantas Euphorbia gorgonis. Evite deixá-las expostas para o clima mais frio, pois pode ser prejudicial para as plantas e prejudicar a saúde das plantas.  

É Resistente ao frio?
Euphorbia gorgonis são um pouco resistentes ao frio . Elas podem suportar uma temperatura mais baixa de -6 C e um pouco de neve também. Dito isto, seu principal requisito é ter uma boa quantidade de luz solar e calor.

Cultivo
Euphorbia gorgonis prefere prosperar em uma mistura de solo arenoso. O objetivo de cultivá-las em uma mistura de solo arenoso é fornecer uma boa drenagem para as plantas. 
Depois de cultivá-las em uma mistura de solo bem drenada, isso garantirá que não haja excesso de umidade nas plantas. Se você cultivá-las em uma mistura de solo regular, isso só criará doenças como a podridão das raízes.
Além disso, o meio de envasamento também deve ter uma boa aeração. Você pode ir em frente com um substrato que tenha material não orgânico. 
Por exemplo, o meio de envasamento correto deve consistir de argila, areia de lava-pomes e um pouco de turfa.

Taxa de crescimento
É uma planta de crescimento relativamente lento e longa vida e, uma vez estabelecida, ficará satisfeita em sua posição e com seu solo por anos.

Envasamento e tamanho do vaso
Certifique-se de que o vaso que você está selecionando consiste em um orifício de drenagem para que o excesso de água possa passar. 
Além disso, você pode ir em frente com um material de vaso, como argila ou terracota, pois seria bastante saudável para o crescimento da planta.

Replante
Você pode considerar fazer o replante uma vez a cada dois anos. A razão para isso é porque eles são um conjunto de plantas de crescimento lento e podem prosperar no mesmo vaso por algum tempo. Dito isto, se as plantas estão sofrendo de alguma doença, você precisa replantá-las.  

Fertilização
Euphorbia gorgonis preferiria ter um fertilizante quando estiver crescendo ativamente durante o verão. 
Você pode ir em frente com um cacto ou um fertilizante suculento que tenha um alto componente de potássio e micronutrientes. Certifique-se ainda de que o que você está usando é uma versão lenta.

Rega
Você precisa regar as plantas Euphorbia gorgonis regularmente durante sua estação de crescimento ativo. Dito isto, nunca deixe nenhuma condição de encharcamento permanecer nas raízes. 
Durante o inverno, mantenha-os secos, a menos que isso torne as plantas mais atraentes para a podridão das raízes. São plantas tolerantes à seca, o que significa literalmente que podem prosperar bem, apesar de você negligenciar regá-las uma ou duas vezes.
O que você deve ter em mente é não fornecer água em abundância, pois isso criaria muitas repercussões ruins nas plantas. 

Tolerância ao sal em aerossol
É tolerante ao sal.

Flor
Euphorbia gorgonis produz flores amarelas que são pequenas.

Dormência
Euphorbia gorgonis pode ficar adormecida no outono e no inverno. Quando eles estão dormentes, pule alimentá-las, bem como regá-las. 

Propagação
Você pode usar os métodos de propagação de sementes e os métodos de propagação de estacas para propagá-las. 
Se elaborar mais sobre os cortes, você precisa primeiro obter os cortes das plantas. No entanto, quando você fizer isso, certifique-se de estar se protegendo da seiva que eles liberam quando você corta. 
Em seguida, deixe-os murchar. Isso permitirá que as feridas se curem e desenvolvam insensibilidade. Em seguida, cultive-os em uma mistura de solo bem drenada. 
Certifique-se de colocar as estacas para cima para que as raízes possam crescer vigorosamente para baixo.

Erros e doenças comuns
Euphorbia gorgonis são propensos a podridão radicular. 
Se você forneceu água em excesso e as cultivou em uma mistura de solo mal aerada, isso tornará as plantas vulneráveis ​​​​à podridão das raízes. 
A podridão da raiz pode ser tão perigosa, pois as chances são de que você possa até perder as plantas se se espalhar em um nível severo.
Além disso, você precisa proteger as plantas de pragas regulares, como cochonilhas, pulgões etc. 

Os lapsos nos tratamentos de cuidado os tornariam mais vulneráveis ​​aos ataques dessas pragas. Por isso, é fundamental que você pratique as dicas corretas de cuidados com o crescimento para eles. 

Dicas de cuidados especiais
Euphorbia gorgonis gera seiva leitosa quando você os corta. Portanto, certifique-se de estar se protegendo antes de começar a interagir com as plantas. 
A seiva leitosa é chamada de látex e pode ser venenosa e causar irritações na pele. Certifique-se de não deixar o látex entrar em contato com os olhos ou a boca, pois pode ser prejudicial. 

Além disso, eu recomendo que você faça check-ups regulares nas plantas para que você possa ver se suas plantas estão crescendo de forma saudável. Além disso, permitirá que você identifique se há algum sinal precoce de qualquer problema futuro.

Benefícios 
Euphorbia gorgonis são úteis como plantas ornamentais. De fato, muitos entusiastas de suculentas tendem a cultivá-las como plantas ornamentais. Além disso, eles seriam ótimas escolhas para jardinagem ao ar livre também.
Vários tipo de Euphorbia tipo polvo
Euphorbia esculenta
Euphorbia pugniformis
Euphorbia woodii
Euphorbia caput-medusae
Euphorbia Flanaganii também conhecida como Cabeça de Medusa é uma planta suculenta perene que ganhou popularidade devido à sua cabeça principal simétrica e finos ramos longos ou 'cobras' crescendo nas laterais, bem ao redor da cabeça, lembrando a mítica Medusa.
A estrutura de Euphrobia Flanaganii é muito intrigante devido à cabeça inchada acima do solo. Olhando mais de perto, as linhas visíveis na cabeça são muito simétricas e formam pequenos picos. O topo da cabeça é sempre visível, mas à medida que avançamos para os lados, longos ramos com pequenas folhas verdes crescem ao redor da cabeça.

Parece que Euphorbia Flanaganii desenvolveu algumas formas, possivelmente devido a cruzamentos ou mutações. Algumas cabeças de medusa são mais escuras do que outras, algumas têm ramos mais grossos com folhas apenas nas pontas e algumas desenvolveram ramos finos com folhas crescendo por toda parte. Euphorbia Flanaganii também é propensa a criar cristas e até formas monstruosas.

Esta é uma imagem bastante interessante, pois você pode ver exatamente como as cristas aparecem pela primeira vez. Eles podem ser eliminados e propagados por conta própria.
Esta é uma forma monstruosa de Euphorbia Flanaganii. É muito mais espesso que a crista, mas começou da mesma maneira. Ela foi cortada da planta original e agora está crescendo sozinha.

No inverno, Euphorba Flanaganii parece estar dormente e pode perder todas as suas folhas. Este é um dos motivos do amarelecimento da planta e é bastante natural. Não se pode fazer muito sobre o amarelecimento natural, a não ser manter a cabeça da medusa em uma estufa aquecida com luz artificial quando os dias são curtos. O amarelecimento não deve ser extenso e normalmente só se aplica às folhas e talvez a alguns ramos inferiores.

A planta se espalha criando novas cabeças em ramos maduros que irão, com o tempo, desenvolver seu próprio conjunto de ramos (foto abaixo). O galho geralmente fica inchado no final.
Euphorbia Flanaganii também produz flores amarelas algumas vezes por ano. As flores são pequenas e, quando a planta está madura, podem cobrir tanto a cabeça como os ramos. Se polinizada, uma vagem de semente é produzida e a planta pode ser propagada com sucesso também desta forma.
Vagem de semente de Euphorbia Flanaganii.
Euphorbia arida
Euphorbia brevirama
Euphorbia inermis
Euphorbia Flanaganii
Euphorbia gamkensis
Euphorbia decepta
euphorbia esculenta
Euphorbia crassipes
Euphorbia gorgonis florida
Euphorbia gorgonis florida
Euphorbia caput medusae
Euphorbia caput medusae
Euphorbia suppressa
Minha experiência:
Eu tenho cultivado Euphorbia Flanaganii, moro em Portugal na zona do Algarve, adquiri esta suculenta neste janeiro de 2022.
Em Fevereiro começou a ter rebentos e novas flores estão a nascer.
Depois das mesmas nascerem irei verificar o ID certo.

QUERO LER O POST COMPLETO

Echeveria Perle von Nurnberg - Aste


O que é esta aste que apareceu na minha Echeveria Perle von Nurnberg?
Já corri a internet à pesquisa sobre esta aste que este ano apareceu na minha Echeveria Perle von Nurnberg mais antiga, pois esta esteve quase a morrer com um ataque de cochonilhas, tive que a limpar toda com álcool, quando falo limpar, foi mesmo ao extremo limpei as folhas todas, coitada ficou com uma cor nas folhas mesmo esverdeada com umas riscas verdes, que até me deu dó, até pensei que se não morresse das cochonilhas dos dois tipos, normal e com carapaça, morreria da limpeza e de ter ficado toda desinfetada, mas surpreendeu-me e sobreviveu, para grande alegria minha.

Este verão de 2022, foi um ano, de grandes perdas de suculentas, não sei o que se passou, nem as consegui recuperar, o tratamento sempre foi o mesmo, não percebi, foi o ano que mais se perderam.

Mas para equilibrar a balança, a minha Echeveria Perle von Nurnberg em Maio deu-me esta surpresa, que nunca me tinha dado, tem crescido sim, astes florais com flores nas pontas, nada parecido com esta aste, e por curiosidade a suculenta Perle mais recente também nasceu uma aste igual.

Outro facto é que este ano de 2022, não me lembro delas darem flor, porque em fevereiro dão flor, costumo sempre tirar fotos para as estudar e não tenho nenhuma, logo não floriram e deram esta aste no inicio do Verão.

O que fiz à aste foi cortá-la e plantei-a, o que é certo é que já tem raízes, porque já se encontra presa na terra, estamos em setembro e ela ainda não secou.

Na foto abaixo mosto a aste floral que costuma nascer em Janeiro e Fevereiro, comum das echeverias.
Na foto de baixo mostro a parte de cima da aste que nasceu em Maio na minha primeira Echeveria Perle von Nurnberg, parece uma mini Echeveria Perle von Nurnberg, um espetáculo.
Na foto de baixo é a minha mais recente Echeveria Perle von Nurnberg que nota-se a crescer a aste, já com a roseta formada, esta começou a nascer depois, foi no mês de julho de 2022.

E a sua Echeveria Perle von Nurnberg, já deu esta aste, se sim compartilhe a sua experiência, para podermos aprender mais sobre esta linda Echeveria Perle von Nurnberg.
Se houver alterações à aste eu atualizarei esta postagem.
QUERO LER O POST COMPLETO

Raízes aéreas em suculentas

Raízes aéreas em suculentas

As raízes aéreas em suculentas são normais?
Raízes aéreas são apenas raízes de algum tipo de suculenta que brota do caule da planta. As raízes aéreas são macias e finas e quase sempre começam com uma coloração rosa-púrpura e, à medida que amadurecem, lentamente desbotam para o branco.

Frequentemente, ficam castanhos e aumentam, com tempo suficiente, alguns meses ou mais. As raízes aéreas podem ser categorizadas como um tipo especial de raízes na categoria de raízes adventícias (que vem por acaso).

Portanto, primeiro, não se sinta realmente desconfortável. Caso contrário, se sua suculenta parece saudável, mas desenvolve muitas raízes aéreas, é perfeita. Eles não sugerem morte ou algo inevitável.

As raízes aéreas são sinais que o notam, e precisam de cuidados e atenção redobrados da sua parte. É hora de a suculenta apenas mostrar que está com sede e desidratada e quer regar mais profundamente.

Existe algum problema com a rega?
Talvez seu solo permaneça úmido por muito tempo. Normalmente, isso é causado por muita matéria orgânica no solo, que é a reversão do que as suculentas gostam.
Obtenha uma mistura mais arenosa que drene muito facilmente e também será menos regular para suas raízes aéreas. Você pode até ter solo seco, então não rega o suficiente, o que é uma falsa narrativa geral de que você não quer muita água das suculentas.

Não é errado que gostem muito, apenas de uma vez, em vez de espalhar ao longo dos dias. A planta pode estar procurando por água adicional, portanto, as raízes aéreas que estão procurando por umidade do ar. Você deve ensopá-las completamente enquanto lava suas suculentas.

Existe algum problema com Aa umidade do ar?
Se houver muita água no ar, existe a possibilidade de que as raízes aéreas sejam a fonte. Suas suculentas são apenas oportunistas: “Ah, o ar está úmido; você poderia tentar obter um pouco dessa água também.”

Existe algum problema com a luz?
De qualquer forma, não é que eles queiram mais luz da raiz para ser consumida. Assim, já não existe clorofila.
Como estão potencialmente ficando muito pesadas ​​e planejam cair rapidamente, elas criam raízes aéreas. Essas raízes aéreas podem ancorá-los até que caiam e, com uma base estável, eles começarão a crescer para cima novamente.

Por que minha suculenta tem raízes aéreas?
As raízes aéreas são sinais que o notam, e precisam de cuidados e atenção redobrados da sua parte. É hora de a suculenta apenas mostrar que está com sede e desidratada e quer ser regada mais profundamente.

Água absorvendo do ar
Algumas plantas obtêm água do ar, e não do solo, em áreas com alta umidade, usando as raízes aéreas. Mas este é um processo mais lento e menos eficiente do que as raízes tradicionais.
As raízes aéreas podem ser danificadas, cair ou morrer com o tempo. Então, a capacidade das raízes aéreas de absorver a água do ar pode ser reduzida.

Nutrientes absorvendo do ar
Em pequenas quantidades, alguns nutrientes podem ser contidos no vapor d'água. Assim, as raízes aéreas podem absorver esses nutrientes para o corpo das plantas suculentas.

Ar absorvendo do ar
Para a maioria das plantas, ao fazer a troca de gás (dióxido de carbono e oxigênio) através de suas folhas, elas obtêm o ar de que precisam para fazer a fotossíntese. Para as suculentas, isso é um pouco menos preciso, pois muitas têm um tipo especial de fotossíntese chamada fotossíntese CAM.
Mas os caules também consomem ar. Eles fornecem o ar necessário para qualquer seção da planta que não seja as folhas.
É por isso que é necessário manter as raízes secas, para que respirem. Em ecossistemas úmidos, raízes aéreas são excepcionalmente comuns para esse propósito.

Fornecendo suporte estrutural
Raízes aéreas raramente fornecem proteção para suculentas até que o caule caia no chão e as raízes aéreas o ancorem lá.

Apoio à propagação
As raízes aéreas frequentemente descem do caule de um corredor para fornecer ancoragem para plantas que se propagam por corredores. Mas elas também se tornam raízes “normais” que impulsionam a propagação.
As raízes aéreas ajudariam no enraizamento e na alimentação da proliferação se um caule fosse cortado.

As raízes aéreas são ruins?
A resposta é “Não”. As raízes aéreas não são inerentemente ruins, mas dizem claramente que sua suculenta está tentando aliviar uma necessidade que pode ser normal, mas também pode ser induzida por um problema de cuidado.

Posso cortar raízes aéreas?
A resposta é '' sim, você pode ''. Na verdade, cortar raízes aéreas da suculenta não é prejudicial para a planta. Você realmente não precisa cortar as raízes, mas se elas ficarem feias demais, você pode. Com aparadores, cortadores de unha, etc., você pode cortá-los como desejar.

Quantas raízes aéreas devo cortar?
Se desejar, você pode remover todas as hastes aéreas. Cortar raízes aéreas não é prejudicial às plantas.

Você pode propagar a partir de raízes aéreas?
Não, você não pode. Algumas suculentas que podem ser propagadas são conhecidas em outros lugares por causa de suas raízes aéreas, mas as chances de sucesso são quase nulas. Então, se você tentar propagar plantas suculentas a partir de raízes aéreas, é uma perda de tempo. Por causa disso, não tente.

Posso colocar raízes aéreas na água para propagar novas plantas?
Não. Não vai funcionar. As raízes aéreas não têm função de propagação e, se você colocá-las na água, elas não darão novas plantas

Todas as suculentas têm raízes aéreas?
"NÃO", todos os tipos de suculentas não desenvolvem raízes aéreas. Echeverias ou Sedums tenros como plantas suculentas desenvolvem raízes aéreas devido a seus problemas e requisitos de cuidado extra para o proprietário.

Normalmente, em Haworthias ou Aloes, você não pode ver raízes aéreas. Além disso, você definitivamente não veria raízes aéreas se estivesse regando adequadamente.

As raízes aéreas crescerão rapidamente durante a estação de crescimento das plantas suculentas. Como exemplo, Graptoveria 'Fred Ives' e Graptopetalum paraguayense crescem rapidamente suas raízes aéreas durante seu estágio de crescimento.

Nota: Esta informação foi retirada da internet, bem como a fotografia desta postagem, apenas me interesso por suculentas por as cultivar e gosto de aprender sobre elas desde modo compartilho com quem gosta também, o que acho mais importante.
QUERO LER O POST COMPLETO

A minha queda de cabelo

Aff!

Estou no intervalo dos meus trabalhos e dos cuidados das minhas suculentas, para contar a minha experiência.

Vou fazer um pulo na escrita da caminhada da minha vida, cheia de percalços, onde apenas contei que tinha sofrido um acidente em serviço, foi quando comecei a escrever este blog, em 2019, ao estar aqui a escrever é que reparei como o tempo passou tão rápido e nunca mais escrevi nada sobre mim e tanto que tenho por escrever, como costumo dizer a minha vida dava para um livro.

De tantos problemas que já passei e estou a passar, nada mais que aparecer mais um problema, é só mais um nada de mais, "quanto mais carraças tem o cão mais elas parecem", como diz o ditado, enfim.

Achei que deveria partilhar o que me está a acontecer, visto que já li que acontece a muitas mulheres, infelizmente, mais uma.

Acabei o Agosto de 2022 em desespero e iniciei o Setembro em pânico, pois foi nesta altura que comecei a notar que estava a perder imenso cabelo, quando me olhava ao espelho mais visível estava o meu couro cabeludo. Acho que nenhuma mulher, ou ninguém deveria passar por isto.

Como sofri de depressão, ansiedade e tudo mais, não sei se não terá influência na minha queda de cabelo, o que estranho é que estou estável neste momento, penso eu, apesar das noites serem sempre uma tortura de pensamentos, agora então mais um problema a acrescentar à lista.

À 16 anos tive uma grande queda de cabelo, mas foi uma queda que todas as mulheres grávidas, penso eu, passam, até se costuma dizer que o cabelo que não caiu durante a gravidez vai cair depois sermos mães, pois a mim assim o foi. Caiu-me horrores de cabelo nessa época mas recuperei bem, ainda era novinha.

Tive outro período na minha vida, em que tive também uma grande perda de cabelo, aí fui mesmo a uma Dermatologista, da qual passou um tratamento para a queda de cabelo, sei que as ampolas que coloquei no cabelo eram da VICHY DERCOS AMINEXIL e tive que tomar comprimidos durante os 3 meses, já não me recorda o nome deles, se achar os papéis, logo atualizarei o post, porque já foi a alguns anos também. E depois dada à minha profissão tinha de andar de cabelo atado, na forma de coque, o que não ajudava em nada, nessa altura tive que arranjar um atestado médico para que pudesse andar de rabo de cavalo, olhando para trás e ao estar a relembrar esse tempo, é uma grande tristeza ter passado pelo que passei, humanidade foi zero, o que tive que fazer para andar de rabo de cavalo, ainda penei um bocado, mas também só para 3 meses.

Desde dessa altura fui notando alguma queda de cabelo na mudança das estações mas nada de anormal, até porque depois o cabelo crescia sempre bem e também colocava o óleo de Tratamento Capilar Fortalecedor da Pantene, para descargo de consciência e uso sempre shampoos profissionais, como uma da marca Sebastian Penetraitt, é do melhor para hidratar o cabelo, mas também um pouco caro o conjunto, o shampoo, amaciador e mascara.

Desde muito nova sempre pintei os cabelos, porque desde da primeira queda, muitos dos cabelos novos nasceram brancos, então sempre os pintei até ano ano de 2020. Ultimamente já os tinha que pintar de 3 em 3 semanas, já estava farta, porque ir à cabeleireira sempre era impensável, não tenho carteira que aguente.

Sempre tive e gosto de cabelo comprido até ao meio das costas e era assim que usava.

Tornando ao tema da pintura dos cabelos, deixei de o pintar na altura do Covid, não foi fácil, tenho agora 43 anos de idade e toda as pessoas diziam que estava cheia de cabelos brancos e que parecia uma velha e que os devia pintar, pois eu fui com a minha a avante até a um ponto, mas depois decidi os disfarçar com madeixas cinzento platinado, até dá para ver na foto deste post.

Até ao momento da minha vida só fiz 3 vezes madeixas, sendo que estas últimas fiz em junho desde ano, pois, queria dar um jeito e que ficasse uniforme a cor.

Por ter feito estas madeixas ainda pensei que me tivessem feito mal, mas foi após 2 meses que o cabelo começou a cair, por isso não sei.

Cada vez que o lavava parecia que estava a fazer tratamento de quimioterapia, porque depois de passar o amaciador e o pentear com os dedos, caia-me aos montes, era tanto cabelo junto, ao pentear até parecia que vinha todo o cabelo entre os dedos da mão. É desesperante.

Todas as noites antes de dormir ao pentear outra tortura.

Apenas passou alguns dias e comecei a notar muito, mas muito a falta de cabelo e o couro cabeludo mais visível, parece que tenho meia dúzia de cabelos no cima da cabeça.

Achei que deveria cortar o cabelo pelos ombros, para não notar tantos fios na escova e no ralo do banho. Mas o que é certo é que eles continuaram e a tortura de o lavar e o pentear continua.

Dado que neste momento, para marcar qualquer consulta médica temos que estar em fila de espera, decidi, ir me adiantando o mais urgente possível.

Comecei logo por comprar o óleo de Tratamento Capilar Fortalecedor da Pantene e o seu shampoo de queda de cabelo e para fortalecer, enquanto pesquisava sobre o assunto.

Achei as características destes shampoo boas, o Pantene ProV Miracles com complexo ProV altamente nutritivo para cabelos que precisam de um milagre. A coleção Pantene Sedoso & Brilhante combina o poder da ciência ProV com Biotina e Proteína de Seda Hidrolisada. O champô Pantene ProV Sedoso e Brilhante sem sulfatos limpa com suavidade o cabelo com efeito palha processado ou com madeixas infundindo o com nutrientes. 

Após pesquisa e me aconselhado com pessoas que têm queda de cabelo frequente, resolvi comprar o Spray Otézia para a queda do cabelo, juntamente com o Ecophante em comprimentos.

Já passou quase um mês do tratamento, noto que pior não está, se tem alguma melhoria é muito mínima porque continua a cair-me muito cabelo quando me penteio e o lavo. 

A aflição é tanta que até me lembrei a colocar gelo na cabeça para o sangue circular com intensidade no couro cabeludo. 

Continuei nas minhas pesquisas na Net, e li comentários muito positivos quanto ao Ecophane em pó, claro que tive que ir a correr compra-lo e é caríssimo nas farmácias locais, o melhor é mesmo encomendar pela Internet, encontra-se pela metade do valor mesmo com portes de envio. 

É esta a aparência da lata, pelo que li, com as 3 tomas diárias apenas dá para um mês.

Após quase um mês de toma dos comprimidos, comecei a tomar o ecophane em pó, 3 vezes ao dia.

Voltando ao assunto do gelo na cabeça, agora também quando lavo o meu cabelo primeiro lavo-o com água quente e depois quando estou na fase final passo o cabelo com água fria nos fios do cabelo e no couro cabeludo, só agora comecei a fazer e achei o cabelo muito mais macio.

Apenas no dia seguinte ao pentear de manhã, caiem menos cabelos, até os consigo contar na escova, o que me deixa muito contente e dá-me força para não desesperar.

Ora em 3 de Setembro comecei a tomar o ecophane em pó e continuo a colocar o spray à noite Otézia e lavo o cabelo com o shampoo fortificante da pantene, até porque ele também é de cor roxa e é perfeito para o tom do meu cabelo.

Após 4 dias, de toma não sei se é psicológico, mas quando me penteio diariamente parece-me que caiem menos, até porque faço sempre um montinho de cabelos para saber se estou a melhorar ou não. Durante o banho ainda continua a cair muito, até me custa ter que o lavar, normalmente lavo-o de 2 em 2 dias, ou seja lavo-o no 3º dia.

Pesquisei que a aloé vera, também é muito boa para a queda de cabelo, irei fazer um óleo, à base de aloé vera e óleo de coco, para aplicar no couro cabeludo e fios. Quando tiver algum resultado eu atualizo este post.

Em 10 de Setembro de 2022, após pesquisas decidi não fazer o óleo, tenho receio de fazer alguma coisa errada e piorar a minha queda.

O que fiz foi, colher uma folha da aloé vera, aquela que tem a folha com umas pintinhas brancas, retirei a bobosa, nunca se esqueçam de retirar uma parte amarela (toxina) essa poderá fazer comichão se tocar na pele, triturei a bobosa e coloquei uma colher de óleo de coco à mistura, depois massajei o couro cabeludo com a mistura e os fios de cabelo, deixei atuar alguns minutos, como foi a primeira vez tive receio de me fazer mal, lavei os cabelos com água corrente morna para tirar a mistura, bem aí o cabelo ficou super macio ao toque, a seguir lave-o como o habitual. Após seco realmente notei o mais sedoso.

Apesar de ter feito isto tudo, medicamento, spray, aloé vera, shampoo, ainda me continua a cair muito cabelo após a lavagem e é ainda uma tortura porque ainda cai mesmo muito, cada vez nota-se mais a falta de cabelo, apesar de já notar cabelo novo a crescer, mas não sei se é o suficiente para fazer a diferença fase ao que cai. 

E você se está a ler esta postagem, se pensa que só acontece consigo, não é bem assim, infelizmente é um problema cada vez mais recorrente, partilhe a sua história e experiência.

QUERO LER O POST COMPLETO

Carteira multiusos em tecido


Descrição:

Carteira multiuso, única e super prática.
Ideal para cartões, documentos, dinheiro, telemóvel e muito mais!

Por se tratar de um produto artesanal, as cores e medidas poderão sofrer eventuais alterações. 
As alterações de cores pode ocorrer de acordo com a configuração de cada monitor e exposição do produto à luz.

Por se tratar de um produto artesanal, as cores e medidas poderão sofrer eventuais alterações.

Produto artesanal feito com tecido de algodão, fechamento com botão íman, tem 2 divisórias, com entretela para dar firmeza e uma pequena alça para mão para facilitar o seu transporte.

*Cuidados com a peça
-Lavar com água em temperatura ambiente
-Não usar lixivia
-Não deixar de molho
-Não torcer, somente apertar delicadamente
-Secar na sombra

Cuidando bem da sua peça artesanal a vida de uso dela será maior, com cores vivas!

Apenas faço por encomenda.

Para informações sobre preços etc., por favor, envie-me um email.
Para saber as condições da encomenda, clique aqui.
Caso pretenda a adquirir, o seu artigo o mesmo será enviado por CTT.
Por favor, deixe-me uma mensagem se você gostaria de comprar este artigo.












Se você gostaria de manter-se atualizado quando o meu trabalho estará disponível, ou para ver as obras em andamento, siga-me pelo Facebook, pelo Pinterest e Instagram ou assine o meu e-mail.
QUERO LER O POST COMPLETO

Bolsa porta talheres

Descrição:

O porta talher é confeccionado manualmente, indicado para 3 a 4 talheres.
Ele é ser super prático, você pode levar na bolsa e não ocupa qualquer espaço.
É lavável, pois é feito em tecido.
Outra vantagem de usar este porta talher é que ele é sustentável, durável e resistente à várias lavagens.
O melhor é que não agride o meio ambiente.

Por se tratar de um produto artesanal, as cores e medidas poderão sofrer eventuais alterações.

Apenas faço por encomenda.

Para informações sobre preços etc., por favor, envie-me um email.
Para saber as condições da encomenda, clique aqui.
Caso pretenda a adquirir, o seu artigo o mesmo será enviado por CTT.
Por favor, deixe-me uma mensagem se você gostaria de comprar este artigo.

Se você gostaria de manter-se atualizado quando o meu trabalho estará disponível, ou para ver as obras em andamento, siga-me pelo Facebook, pelo Pinterest e Instagram ou assine o meu e-mail.

QUERO LER O POST COMPLETO

Suculentas de verão e inverno: qual é a diferença

A primavera está chegando! Os pássaros estão cantando, as flores estão desabrochando, as abelhas estão ocupadas polinizando e os dias estão ficando mais longos. Muitas de suas suculentas devem estar prontas para acordar, enquanto algumas estão se preparando para desacelerar seu crescimento à medida que fica mais quente. Mas por que algumas de suas suculentas ficam lindas no verão, enquanto outras ficam lindas no outono?

Durante os períodos mais quentes do ano, Echeveria e Lithops se preparam para dar um espetáculo, enquanto em fevereiro seu Kalanchoe cresce como um louco. Por que exatamente? Bem, é porque as suculentas, como todas as plantas, têm diferentes épocas de crescimento.

Saber a diferença não só pode ajudá-lo a cuidar melhor de suas plantas, mas é vantajoso quando os arranjos de envasamento para obter uma exibição de flores durante todo o ano de suas suculentas.

Então, o que exatamente são as suculentas de verão e de inverno, e como você deve cuidar delas? 
Espécies suculentas adormecidas no verão (suculentas de inverno)
Estas são algumas suculentas populares que adoram quando a temperatura cai. Embora nenhuma suculenta aprecie o verdadeiro inverno e muita neve, estas geralmente começam a acordar por volta de setembro e crescer até na neve, então descansam um pouco até fevereiro e continuam a crescer  vigorosamente até maio.

Adromischus
Aeonium
Aloe
Anacampseros
Astroloba
Avonia
Bowiea
Bulbine
Ceraria
Conophytum
Cotyledon
Crassula
Dioscorea
Dudleya
Fouqueria
Gasteria
Gibbaeum
Graptopetalum
Graptoveria
Haemanthus
Haworthia
Kalanchoe
Neohenricia
Othonna
Pachycormus
Pachyphytum
Pachyveria
Pelargonium
Peperomia
Portulacaria
Sansevieria
Sarcocaulon
Sedeveria
Sedum
Senecio
Stomatium
Sulcorebutia
Talinum
Tylecodon

Suculentas de inverno populares
Aeonium - “Kiwi” 
É uma suculenta de inverno essencial! Com rosetas marcantes e vibrantes em rosa e amarelo, eles são fáceis de crescer e se multiplicam rapidamente durante a estação de crescimento.

Graptoveria - “Opalina”
'Opalina' é um híbrido comum entre Echeveria 'colorata' e Graptopetalum amethystinum. Com folhas grossas, opalescentes e pulverulentas, são uma suculenta de fácil crescimento que irá recompensá-lo com muitos bebês quando bem cuidados.

Sedum Morganianum - “Rabo de Burro”
Indiscutivelmente uma das suculentas mais populares do mundo, esses Sedum são essenciais para o jardim de todos. Quase se assemelhando a cabelos longos e volumosos, esses Sedum vão crescer rápido e longo e são muito fáceis de se propagar.
Espécies suculentas adormecidas no inverno (suculentas de verão)
Estas são apenas algumas das espécies suculentas mais populares que prosperam em temperaturas mais quentes, geralmente adormecidas do final de outubro a meados de fevereiro. É importante notar que quando as suculentas ficam “dormentes”, é mais um período de crescimento lento do que uma verdadeira dormência. Portanto, embora você possa ver o crescimento durante todo o ano, a estação de crescimento específica de certas espécies determina quanto crescimento você vê, bem como os períodos de floração.

Agave
Monadenium
Pachypodium
Stapelianthus

Suculentas de verão populares
Echeveria Lola
Lola é uma suculenta linda e fácil de cultivar que lhe dará cores lindas o ano todo! Com uma roseta compacta, pontas rosa brilhante e rosa pastel na parte inferior de suas folhas, eles são um ótimo complemento para o jardim de qualquer pessoa!
Agave Attenuata— “Variegata”
Agave attenuata 'Variegata' é uma adição impressionante à paisagem de qualquer pessoa. Esta é uma daquelas suculentas que você pode realmente deixar a natureza cuidar, especialmente em climas mais quentes. Eles lançam flores grandes e altas que mais se assemelham a uma paisagem de planetas alienígenas do que uma flor suculenta.
Euphorbia Trigona
Uma Euphorbia extremamente comum, eles são muito tolerantes ao sol e às temperaturas extremas. Tome cuidado ao replantar / propagar, pois a seiva branca que eles liberam quando danificados pode causar irritação da pele e potencialmente cegueira! Recomenda-se o replante usar luvas e óculos de proteção.
Como cuidar das suculentas de verão e inverno
Então, o que isso significa em termos de cuidar de suas suculentas? Bem, é bastante simples. Se você tem suculentas de inverno ou de verão, isso determinará quanto e quando você rega.

Para suculentas de verão como Echeveria, elas preferem muito mais água durante os meses mais quentes e quantidades muito escassas durante o inverno. Pelo contrário, Sedums, uma suculenta de de inverno extremamente popular, precisará de muito mais água durante os meses mais frios e menos quando está calor.

Não é muito difícil cuidar, certo? Agora é aqui que as coisas ficam interessantes. Quando se trata de arranjos suculentas, misturar e combinar suculentas de inverno e suculentas de verão pode resultar em um show psicadélico de cores e flores que dura o ano todo, especialmente quando você joga alguns cactos na mistura! Mas, uma vez que as suculentas de verão e inverno exigem horários de irrigação diferentes, como mantê-los juntos e vivos?

Bem, é importante observar exatamente COMO você rega suas suculentas. Você os enxuga com água, deixando-os totalmente ensopados? Que tal regar ao redor da base de cada suculenta com uma pipeta ou regador pequeno? Você apenas deixa a natureza cuidar deles?
Quando você deve regar suas suculentas
Quando se trata de arranjos suculentas, com drenagem ou não, é sempre melhor regar ao redor da base de cada suculenta, em vez de molhar todo o arranjo. Dessa forma, você pode atender às necessidades de cada planta individual com mais precisão.

Ao organizar as suculentas de verão e inverno em um arranjo singular, muitas vezes é muito mais fácil separá-los, permitindo que você regue um lado a mais durante o verão e um lado a mais durante o inverno. Isso também tornará a fertilização mais fácil, pois você pode simplesmente inocular um lado com nutrientes, deixando o outro lado ficar relativamente não fertilizado até o momento de sua estação de crescimento.
Cultivo de suculentas em climas sem inverno
Você leu tudo até agora, mas está confuso porque não consegue invernos mais frios do que 7º C. Não se preocupe, as mesmas regras ainda se aplicam principalmente! Exceto que você terá que prestar mais atenção em regar suas suculentas.

Se você mora em um lugar onde às vezes janeiro ou fevereiro podem chegar a 15º C ou mais, muitas de suas suculentas vão crescer e florescer durante todo o ano, apenas diminuindo um pouco a velocidade durante os meses mais quentes ou mais frios.

Frequentemente, os cultivadores mestres de suculentas ou cactos separam as suculentas de verão e inverno em estufas com ambientes diferentes, mantendo-os do lado de fora apenas durante a primavera e o outono! No entanto, se você não tiver acesso a aquecedores, resfriadores e estufas, uma solução simples pode ser trazer algumas suculentas de verão para dentro durante o inverno, para serem colocados em uma janela brilhante ou sob luzes de cultivo, para que ainda possam experimentar uma simulação inverno!

Por outro lado, o mesmo pode ser feito para suculentas de inverno durante os meses mais quentes. Basta prestar atenção às suas necessidades de iluminação, pois as suculentas preferem sempre a luz forte.
QUERO LER O POST COMPLETO

Aeonium Ballerina

Aeonium Ballerina é uma suculenta perene, perene e de baixo crescimento: pode atingir a altura de mais ou menos 20 centímetros. Suas folhas são ligeiramente côncavas para cima, peludas, verde-claras, com uma margem branca e enrugada. Eles são densamente agrupados em rosetas: cada roseta cresce no topo de uma haste. As hastes são numerosas, intrincadas. 
A floração ocorre no meio da primavera. A inflorescência desenvolve-se em ramos curtos e as flores têm 1-2 centímetros de tamanho, são rosadas, com pétalas oblanceoladas, pubescentes na face inferior.

Classificação Científica:
Família: Crassulaceae
Subfamília: Sedoideae
Tribo: Sedeae
Subtribo: Sedinae
Gênero: Aeonium
Nome Científico: Aeonium goochiae 'Bailarina'
Sinônimos: Aeonium 'Bailarina'

Habitat:
Aeonium Ballerina, como quase todos os Aeoniums, é nativo das ilhas Canárias, especificamente de La Palma, onde vive nas áreas rochosas entre 100 e 600 metros acima do nível do mar, ou entre outros arbustos e árvores, onde cresce facilmente na sombra parcial, ao contrário da maioria dos Aeoniums.
Cuidados com Aeonium Ballerina
Aeoniums são espécies que geralmente crescem entre as rochas: então eles estão acostumados a um substrato seco e bem drenado. Embora suportem a seca, eles precisam de um pouco de umidade. No inverno, regue quando o solo estiver completamente seco, mas preste atenção: muita água pode causar podridão nas raízes. Teste a umidade do solo com os dedos, colocando-os a 1-2 centímetros de profundidade. 
A estação de crescimento é no inverno e na primavera. 
Em verões particularmente quentes e secos, a planta deixa de crescer e, em condições de seca intensa, as folhas tornam-se encaracoladas para compensar a perda de água. Coloque-o sob luz direta ou em sombra parcial. 
A planta pode crescer facilmente em ambas as condições.

Iluminação
Ela prospera melhor em plena luz do sol para separar a luz do sol em um local protegido, mas a luz brilhante aumenta os tons ricos dos Aeoniums mais escuros.

Solo
Cresce bem em solo rico em húmus, úmido, mas bem drenado, qualquer boa mistura de envasamento.

Temperatura
Prefere temperaturas ideais de 18ºC – 24ºC e não inferiores a 10ºC.
Baixas temperaturas de congelamento, incluindo perda de folhas e caule, causam danos sérios e às vezes fatais ao aeonium. Cubra com roupas leves e atraentes quando a geada for antecipada, cubra os aeoniums ao ar livre e remova a cobertura na manhã seguinte para evitar a retenção de umidade. Traga aeoniums em vasos internos ou coloque-os no sul contra uma parede protegida até que o tempo frio passe.

Água
Regue moderadamente, mas consistentemente durante a estação de crescimento, mantenha o solo úmido, mas não encharcado. Permita que a parte superior de uma polegada do solo seque entre as regas. Durante o inverno reduza ao mínimo a rega.

Fertilizante
Fertilize sua planta uma vez a cada 2 semanas durante o período de crescimento ativo com um fertilizante líquido balanceado diluído pela metade. Não alimente enquanto estiver dormente.

Propagação
Pode ser facilmente propagada por sementes ou por estacas. Semear a 19-24ºC na primavera. 
As estacas devem ser retiradas durante a primavera ou o outono, prestando atenção para deixar a base da estaca secar antes de colocá-la no solo, mantenha a 18ºC e pouco úmida até enraizar.

Pragas e Doenças
Não tem problemas graves de pragas ou doenças. As lesmas podem causar algum dano e o pássaro ocasional pode dar uma mordida.

Manutenção
Você não precisa cortar os aeoniums de acordo com o tamanho ou a forma, porque eles permanecem arrumados e pequenos naturalmente. Aparas e tratamentos regulares ajudam a garantir que seus Aeoniums tenham a melhor aparência. 
Remova todas as folhas mortas ou caules malformados e fusiformes da base com tesouras afiadas. 

Propagação
Aeonium Goochiae 'Ballerina' pode ser propagada por sementes ou estacas. 
QUERO LER O POST COMPLETO

Modelo com vestido branco com mangas

 As imagens das bonecas que aqui apresento são retiradas da internet, apenas servem para eu poder tirar ideias para fazer a roupa das bonecas de pano mimi.

Apenas estou aqui a partilha-los para quem quiser também tirar ideias.

Fique ciente que as mesmos podem ter direitos autoriais, caso queiram utilizá-los na integra.

Apenas estou aqui a partilha-los para quem quiser também tirar ideias, uma vez que por vezes gosto do que encontroo e guardo nos meus favoritos, quando vou buscar as imagens já elas não existem, assim tenho-as aqui comigo, sendo uma garantia como ficam guardadas.
Fique ciente que os mesmos podem ter direitos autoriais, caso queiram utilizá-los na integra.
Direitos Autorais
As imagens apresentadas nesta página não são de minha autoria. Todos foram retirados da internet, e de sites que disponibilizaram gratuitamente. 
Neste caso os créditos são de Iple House.
Caso alguém se sinta lesado pela não citação da autoria, basta entrar em contato que providencio os créditos ou tiro do ar. 
Obrigada.
QUERO LER O POST COMPLETO

Modelo com vestido branco e dourado

As imagens das bonecas que aqui apresento são retiradas da internet, apenas servem para eu poder tirar ideias para fazer a roupa das bonecas de pano mimi.
Apenas estou aqui a partilha-los para quem quiser também tirar ideias.

Fique ciente que as mesmos podem ter direitos autoriais, caso queiram utilizá-los na integra.

Apenas estou aqui a partilha-los para quem quiser também tirar ideias, uma vez que por vezes gosto do que encontroo e guardo nos meus favoritos, quando vou buscar as imagens já elas não existem, assim tenho-as aqui comigo, sendo uma garantia como ficam guardadas.
Fique ciente que os mesmos podem ter direitos autoriais, caso queiram utilizá-los na integra.
Direitos Autorais
As imagens apresentadas nesta página não são de minha autoria. Todos foram retirados da internet, e de sites que disponibilizaram gratuitamente. 
Neste caso os créditos são de Iple House.
Caso alguém se sinta lesado pela não citação da autoria, basta entrar em contato que providencio os créditos ou tiro do ar. 
Obrigada.

QUERO LER O POST COMPLETO